Introdução

Realidade Virtual

O termo "realidade virtual" tem sido notoriamente difícil de ser definido ao longo dos anos.

Alguns tomam a palavra "virtual" no significado de falso, irreal, enquanto usam o termo "realidade"para se referir ao mundo real, o que resulta em um paradoxo.

A correta definição para a palavra "virtual" é "ter o efeito de ser, sem realmente ser" e a definição de "realidade" é a propriedade de ser real.

Com base nessas definições o termo REALIDADE VIRTUAL significa "ter o efeito de existência concreta sem realmente existir", que é o efeito que se tem em um bom sistema de realidade virtual.

Tecnicamente, Realidade Virtual é o termo utilizado para designar a tecnologia de interface cujo objetivo é recriar ao máximo a sensação de realidade para um indivíduo levando-o a utilizar essa interação como uma de suas realidades temporais.

É importante deixar claro que não há nenhuma exigência que o ambiante virtual, criado por software e hardware próprios, coincida com o mundo real pois "realidade virtual" não é uma cópia do mundo em que vivemos, é a sensação da existência de algo que não existe, é o sentir-se imersivo num ambiente inexistente, criado por um sistema computadorizado que "engana" nosso cérebro.

Num termo mais técnico, Realidade Virtual é o uso da tecnologia para criar o efeito de um mundo tridimensional interativo que faz o usuário ter um senso de presença espacial.

De qualquer modo a idéia básica é apresentar os sinais corretos de modo que o cérebro, por seu sistema perceptivo e cognitivo tenha uma experiência "imersiva", gerando assim a noção de que aquele ambiente é real.


Isso é possível hoje.

Um pouco de minha história com a realidade virtual.

Tudo teve início quando "descobri" o Oculus Rift pela internet.

Conhecendo e aprofundando-me nas características do equipamento pude perceber o potencial para mudar nosso relacionamento com o computador, a navegação na internet, o modo como jogamos e até mesmo como nos relacionamos com as pessoas por meio de redes sociais e com isso vislumbrei o potencial de mudar o mundo assim como tem mudado desde a popularização do computador, passando pelo lançamento dos notebooks e hoje a era dos smartphones e seus apps.

Agora imagine um mundo dominado pela tecnologia da realidade virtual onde não é mais preciso viajar para conhecer lugares, onde não será necessário enfrentar filas para visitar um museu, onde os filmes tornam-se cada vez mais realistas e você é jogado dentro da cena e os games são cada vez mais interativos com a imersão total no mundo virtual onde você é o personagem principal dentro de um mundo totalmente imersivo e interativo.

Além da diversão e cultura, a realidade virtual permite a criação de softwares com capacidades vistas apenas na ficção científica como auxílio à medicina, realização de tarefas robóticas por meio da interatividade 3d imersiva, criação de maquetes arquitetônicas realistas e muito, muito mais.

Você pode assistir a filmes num cinema virtual e convidar seus amigos a assistirem com você na mesma sala virtual. Você pode assistir aquela partida de seu esporte preferido, estar alí acompanhando tudo com a sensação de presença em 360º mas sem sair do conforto de sua sala. Você pode ir ao espaço, dar voltas em torno da Terra, sentado em sua poltrona.

É um mundo que aos poucos torna-se disponível, primeiro aos desenvolvedores e testadores das versões de desenvolvimento do Oculus Rift, mas já está sendo criado e adaptado para outras plataformas como já é realidade hoje, ainda que não totalmente imersivo, com o Samsung Gear, e será ampliado e melhorado até que torne-se acessível a todos, em diversas plataformas e leve a uma mudança no mundo como nunca antes imaginado.

Sinto-me privilegiado em poder participar do início dessa mudança, testando e auxiliando no desenvolvimento de software e hardware de realidade virtual com unidades "DK2" do Oculus e até mesmo desenvolvendo pequenas aplicações de teste para realidade virtual por meio dos softwares Unity e UE4 e é muito bom poder mostrar aos amigos o desenvolvimento dessa nova tecnologia.

Seja bem vindo a essa maravilhosa tecnologia!

Vídeos

Pequena mostra do Oculus

O vídeo mostra as reações e as emoções das pessoas quanto utilizam o Oculus DK2 em demostrações de montanha russa, filmes de terror, etc...

Jogos de terror

Vídeo do início de um game de terror chamado Affected, em sua primeira versão, produzido para o Oculus e a visão mostrada é a do jogador..

Onde chegaremos ?

A Oculus apresentou o Oculus Touch, que é uma espécie de joystick sem fio que permite ao jogador interagir com o mundo virtual. Ele será lançado em 2016.